segunda-feira, Outubro 31, 2005

Birds - poncho

Poncho birds
Os pássaros foram o mote para este poncho, ao contrário do filme, não são nada assustadores, são até frágeis. A cor dos fios com que se desenham por vezes quase desaparece sobre o fundo cor-de-rosa velho.
Desta vez, quis experimentar centrar-me numa cor e nas suas gradações, existem uns apontamentos de verde e cor-de-laranja que lhe conferem algum contraste, mas a cor predominante é mesmo o cor-de-rosa.
Pormenor Frente
Pink birds to fly away...
Verso

domingo, Outubro 30, 2005

Dohra

Dohra
Esta é a Dohra, irmã da Susy Ângela. Nos anos início 90 era viciada na prática de aeróbica, mas o som estonteante da música e os gritos de incentivo do instrutor fizeram-na mudar de rumo. Para além disso, a obsessão com a aparência das colegas de ginásio era insuportável. Hoje é professora de yoga , vive na cidade mas o seu sonho é ter uma casa no campo onde possa ver as vacas pastar ao fundo e ser lambida pelos cães sempre que vai ao jardim. Enquanto isso não acontece, dedica-se às suas aulas e vai aproveitando os fins-de-semana de "encontros de yoga" para relaxar e ter um contacto mais próximo com a natureza. Num desses momentos de descanso, caiu na beira de um rio e cortou o rosto numa lata deitada fora por alguém pouco consciencioso. Uma cicatriz permanece no rosto para lhe lembrar o triste momento.

Gorro de brilhantes

Gorro brilhantes Gorro brilhantes verso
Gorro cor-de rosa para um Inverno que se avizinha cinzento. Fi-lo com duas lãs bem grossas, o que lhe dá bastante consistência. As rosetas ficam um pouco salientes e decidi finalizá-las com botões de vidro com um brilhante (falso) incrustado no centro.

Já está na loja, juntamente com novas fotos do gorro "Goma".

sábado, Outubro 29, 2005

Se não chover...

Cartaz
Sábado, se não chover, vou estar lá.

quinta-feira, Outubro 27, 2005

A vida oculta das pregadeiras

Suzy Angela
A Susy Ângela é prima da Mercedes, vive em Beja, mas aprecia tudo o que as grandes metrópoles têm para oferecer e gosta de seguir as tendências.
Assim, decidiu fazer umas plásticas para se mostrar "na moda".
O penteado, corte de Eduardo Beauté, executado pela Bela, cabeleireira do bairro. Os olhos, decidiu que deveriam ficar mais rasgados, para dar um ar mais felino, decidiu também delinea-los com eyeliner permanente, azul, para contrastar com o verde dos olhos. A boca, quis torná-la mais carnuda, para dar vontade de beijar (ficou um pouco torta, mas não tem mal), as maçãs do rosto, essas, queria tê-las mais salientes, ficou com algumas cicatrizes, mas o volume ficou perfeito. E já agora, porque não uns sinais junto do lábio? Se um causa efeito, três ou quatro devem causar muito mais.
A expressão ficou um pouco congelada, mas o look sexy é perfeito! No fim, decidiu mudar de nome, tão exacerbado aspecto merecia um nome a condizer, e Augusta não era de certeza o adequado. Suzy Ângela, sim, é lindérrimo!!!

Pig Netsuke

Mala pig netsuke frente
Mala pig netsuke verso
A mala "Pig Netsuke" é a primeira que faço em fazenda de lã, as alças são de tweed e o interior é forrado com um tecido vintage desenterrado numa loja antiga. Gosto muito do contraste que faz com a fazenda. A ideia, veio de uma viagem que fiz há anos. Vi numa esplanada em Viena, uma senhora sentada com o porco ao lado. Lindo! Nunca mais me esqueci dele e a imagem ficou para sempre. Agora, decidi ilustrá-la.
Quem sabe um dia não passeio o meu próprio porco?
Mala pig netsuke forro

Mercedes

Mercedes
A Mercedes é a primeira pregadeira à venda na loja Dina Ladina, amanhã chegam as primas do alentejo.

terça-feira, Outubro 25, 2005

segunda-feira, Outubro 24, 2005

Segunda-feira

Artesanto em esparto
No fim-de-semana, voltei a encontrar-me com o Sr. José. Já o tinha visitado em sua casa para ver as cestas que faz, mas sempre que as vejo deixo-me encantar pelas formas e pelo material, que mesmo aos olhos de um leigo, se afigura bem trabalhado. Tive ainda oportunidade de conhecer a agulha que é usada para rematar o esparto, um objecto grande e ponteagudo, com uma pega de madeira. Se eu já ando sempre a furar os dedos, nem quero imaginar o que aconteceria se trabalhasse com uma assim...

E lá vim eu para casa com mais uma peça , que fica de repouso até lhe dar outra utilidade para além da decorativa.
Gorro goma
Outro lindo e colorido gorro, parece uma goma gigante. Este, vai direitinho para a loja.

Descobri um cão tão fantástico como o meu, só que este é de pano e foi realizado por Netamir.

domingo, Outubro 23, 2005

Alma e as amigas

Alma e amigas
A Alma, é outra pregadeira que partiu para o Porto na companhia da Gertrudes e da Piaff. Já não tenho nenhuma comigo, mas tenho várias em projecto que espero colocar brevemente na loja Dina Ladina. Podem ser uma boa sugestão de presente para este Natal!
Gosto muito dos olhos da Alma, são uma mistura de gato e de múmia egípcia. Foram feitos com umas aplicações de vidro que a tia Edeltrudes me deu, e que já devem ter décadas! Ela deu-mas como se fossem uma verdadeira relíquia, e eu espero ter-lhes dado um bom uso. Acho que sim.

sexta-feira, Outubro 21, 2005

Piaff

Piaff e Gertrudes
Nasceu em Portugal, mas os pais são franceses. A Piaff é a nova pregadeira que vem fazer companhia à Gertrudes.

quinta-feira, Outubro 20, 2005

Cabeças frescas

Lado esquerdo Lado direito
Outro gorro com orelhas e um topo à madeirense, desta vez para adulto. Para quem gosta de ter as ideias frescas e as orelhas quentes.
Gertrudes
A Gertrudes é a primeira senhora transformada em pregadeira. Surgiu no seguimento das malas e do encanto que estas pequenas cabeças me causaram.

quarta-feira, Outubro 19, 2005

Marinela

Mala Marinela
E aqui está ela!

Marinela, a boneca que é tudo menos bela!

Para ver a cabeça, clicar aqui.
Pig project
Entretanto já comecei outra mala. Um porco, uma boneca...

terça-feira, Outubro 18, 2005

Gorro flores

Gorro flores
Enquanto não acabo a mala, aqui fica mais um gorro para criança!

segunda-feira, Outubro 17, 2005

Almost Doll

Mala doll
Estou sempre a pensar fazer vinte coisas e só consigo fazer uma de cada vez, como se isso não bastasse, em vez de concluir projectos já iniciados, começo novos trabalhos.

As ideias fervilham na minha cabeça, e há peças que têm que nascer imediatamente e ganhar vida própria.

domingo, Outubro 16, 2005

Gorro cobra

gorro cobra
É uma cobra, mas está bem querida!
O primeiro gorro deste Inverno é para criança, já estou a fazer outros para adulto e a desenhar cachecóis e camisolas. Vamos ver como é que eu consigo tricotar tudo isto...

quarta-feira, Outubro 12, 2005

More chinese foood

Chinese food verso
Depois de ter feito a "Shoeholic", decidi fazer pequenas séries de malas, esta é a primeira de uma série de três, cujo mote é a culinária chinesa. Na parte da frente - escaravelho, na parte de trás - aranha. Não sei se os nossos amigos asiáticos comerão exactamente estes bicharocos, mas para além da realidade fica a imaginação.
Seguem-se "Noodles" e "Happy Family"...

segunda-feira, Outubro 10, 2005

Chinese food

Chinese food
Esta é a parte da frente da segunda mala de sarja, também nesta, combinei a pintura sobre tecido com as aplicações de feltro, a parte de trás é diferente, mas ainda falta acrescentar um pormenor...

Para ver melhor, clicar aqui. Ainda se notam os riscos do giz que uso para fazer o desenho, o J. e a minha mãe dizem que dá um ar de imperfeição, mas eu deixo-os ficar de propósito, acho que são bonitos, e são o rasto de formas que me atravessam o pensamento enquanto desenho. Para além disso, ao esfregar ou com o passar do tempo, desaparecem.

domingo, Outubro 09, 2005

Shoeholic

Shoeholic
Depois de alguns meses sem pintar, voltei de novo às tintas, é impossível ficar longe por muito tempo. Longe, não será bem a palavra, porque trabalho rodeada de latas, tubos e frascos de toda a espécie, acumulados ao longo do curso e por casas diversas.
Nestas malas de lona, decidi fazer uso de uma técnica que não tenho explorado neste tipo de criações, para além das aplicações de feltro, pintei o tecido. Esta é a primeira de muitas que hão-de vir e custou-me o fim-de-semana inteirinho e mais algumas horas de sono passadas a pensar na composição e nos objectos e materiais que ia usar. Deixei uma espécie de etiqueta pendurada, com o tecido propositadamente esfarrapado, como um galhardete para quem a usa ou se identifica com o termo.
Comigo, tem tudo a ver!
Shoeholic pormenor

sábado, Outubro 08, 2005

By Pass

By Pass By Pass - Águas Furtadas
By Pass:
Agenda, diário de bordo, bloco de notas, revista de bolso?

Assim começa o editorial desta revista de bolso de distribuíção gratuita, com destaques ao espaço Bazaar, onde está a loja Águas Furtadas.

quinta-feira, Outubro 06, 2005

A sorte do azar

Sorte do azar
A Sorte do Azar, é mais uma mala, melhor dizendo, uma balsa (mala espalmada feita de palma), tradicionalmente usada para transportar compras. Saiu das mãos de uma septuagenária que vive no Algarve. Resgatei-a, e com imenso gozo fiz-lhe estas aplicações.
Tem uma forma bastante prática, só me lembro de uma expressão em inglês para traduzir o que quero dizer - userfriendly. É mesmo isso.

Depois de alguns dias de trabalho e neurónios queimados, está pronta, e já está na loja.
Sorte do azar - frente Sorte do azar - verso

terça-feira, Outubro 04, 2005

Oporto trip

Artigo jornal
Passados três anos volto ao Porto. É sempre bom regressar a esta cidade que me traz boas recordações e me enche de felicidade. Desta vez, o objectivo foi estar presente na inauguração do novo espaço Bazaar, um edifício antigo recuperado com a intervenção de arquitectos e designers, para alojar bares e estabelecimentos comerciais. A localização é óptima, tem uma vista previligiada sobre o rio Douro, e uma esplanada/bar que vai com certeza oferecer bons fins de tarde.

A inauguração da loja "Águas Furtadas", onde tenho as minhas peças, correu muito bem, os artigos expostos foram bem recebidos, e tiveram direito a destaque no jornal "Público".

À noite, regressei a Lisboa com pena de não poder ficar mais tempo, mas com a certeza de que em breve voltarei.
Loja Águas Furtadas Vista panorâmica da loja

sábado, Outubro 01, 2005

Gato preto

Gato preto
Cruzar com um gato preto, dá azar?